14 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Clássico na Vila fica sem vencedor

Clássico na Vila fica sem vencedor

28/08/2011 21h12 - Atualizado há 13 anos Publicado por: Redação
Clássico na Vila fica sem vencedor

Lucas comemora com companheiros o gol que marcou na VilaMuitos lances de gols desperdiçados e duas equipes se enfrentando com objetivos distintos. Assim, Santos e São Paulo fizeram o clássico San-São, na Vila Belmiro, na tarde deste domingo (28), pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, e empatou por 1 a 1.

Com o resultado, o São Paulo voltou para a terceira colocação, com 35 pontos, já o Santos é o 14º, com 22.

Mesmo desfalcado de Elano e Arouca, contundidos, o Santos começou a partida pressionando. Logo aos dois minutos, Neymar cobrou falta da entrada da área e exigiu boa defesa de Rogério Ceni. No minuto seguinte, Ganso recebeu dentro da área e bateu por cima do travessão.

Aos poucos, o São Paulo equilibrou as ações, mas encontrava dificuldades para incomodar o goleiro Rafael. Aos 24, Lucas fez jogada individual pela direita e cruzou na área. A bola desviou em Henrique e passou perto da trave esquerda do goleiro santista.

Carlinhos Paraíba, aos 27, tomou o segundo amarelo e foi expulso, deixando o time do Morumbi com dez jogadores em campo.

Com o São Paulo mais no setor defensivo, o Santos arriscou de fora da área com Paulo Henrique Gando aos 37, mas a bola foi para fora.

No final do primeiro tempo, o Tricolor abriu o placar. Aos 46, Lucas partiu com a bola dominada desde o meio-de-campo, deu um drible da vaca em Edu Dracena, entrou na área e bateu cruzado para fazer um golaço na Vila Belmiro.

Após o intervalo, no primeiro minuto de bola rolando, Léo arriscou da entrada da área e assustou Rogério Ceni. Neymar levou perigo em cobrança de falta, mas a bola passou a esquerda do gol.

O Santos ficava mais com a bola, mas no contra-ataque, o São Paulo quase ampliou. Wellington recebeu de Lucas, invadiu a área e parou na linda defesa do goleiro Rafael.

 Aos 16, novamente no contra-ataque, Dagoberto perdeu grande chance para fazer o segundo do Tricolor. Felipe Anderson, aos 21, arrematou de longe e tirou tinta da trave direita de Ceni.

O técnico Muricy Raamalho colocou Alan Kardec em campo para explorar as jogadas aéreas. Aos 29, após cobrança de escanteio, Borges cabeceou no centro do gol e Rogério Ceni espalmou para escanteio.

No lance seguinte, Borges perdeu gol cara a cara com o arqueiro Tricolor, finalizando por cima do travessão.  De tanto pressionar, o Santos chegou ao empate. Ganso, aos 35, fez um golaço de fora da área, igualando o placar na Vila Belmiro.

Nos minutos finais, o Santos tentou o gol da vitória, mas o São Paulo conseguiu segurar o empate até o apito final.

Foto: Gaspar Nóbrega/Vipcomm{jcomments on}

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x