19 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Empate em jogo de seis gols

Empate em jogo de seis gols

06/10/2011 03h06 - Atualizado há 13 anos Publicado por: Redação
Empate em jogo de seis gols

Luis Fabiano lutou teve chances para marcar e perdeu até penalidadeEm jogo antecipado da rodada do final de semana, o São Paulo visitou o Cruzeiro nesta quarta-feira, 5, pelo Brasileirão. Em jogo com muitos gols, a partida terminou empatada por 3 a 3.

O resultado levou o Tricolor a 47 pontos, podendo perder a terceira posição com a sequência da rodada. A Raposa vai a 30 e não afasta a ameaça do rebaixamento.

O jogo começou com muito toque de bola por parte das duas equipes. A primeira chance da partida foi são-paulina, com Jean, que tabelou com Luís Fabiano, mas bateu para fora. A resposta cruzeirense veio em jogada envolvendo Vitor e Farias, mas Rogério Ceni fez a defesa na finalização do lateral.

Aos 12, o Cruzeiro abriu o placar com Keirrison. A jogada começou com Montillo, que fez a jogada pela esquerda e cruzou para o atacante tirar de Rogério e bater para o gol.

O Tricolor tentou responder aos 23 na tentativa de Jean, mas ele acertou a trave. Farias logo depois arriscou para a Raposa, mandando a bola por cima do gol. Aos 26, Dagoberto bateu de longe, para fora.

A chance do empate do São Paulo veio em pênalti de Fábio em Cícero, aos 31 minutos. Luís Fabiano foi para a cobrança, mas o goleiro do Cruzeiro fez a defesa e evitou o primeiro gol do atacante em sua volta ao time do Morumbi. A partida seguia movimentada, com as duas equipes dispostas a atacar. Aos 38, Everton bateu de longe e Rogério Ceni fez grande defesa.

O São Paulo voltou ao ataque aos 43, com Luís Fabiano, que fez a jogada e passou a bola para Dagoberto, que tentou o chute mas Everton conseguiu afastar. O Tricolor manteve-se no ataque nos minutos finais, sem conseguir o gol de empate.

Em cobrança de falta no começo do segundo tempo, Cícero bateu de longe e Fábio fez a defesa em dois tempos. O Tricolor começou se arriscando mais na etapa final e o Cruzeiro respondeu em cruzamento de Montillo, que Farias não conseguiu completar para o gol.

O empate do São Paulo veio aos 14 minutos, com Cícero. Após jogada de Dagoberto pela esquerda, houve o passe para Luís Fabiano, que entregou a bola para Cícero bater para o gol.

O gol fez o Tricolor aumentar a pressão e intensificar a marcação e conseguiu a virada aos 19 minutos, com Dagoberto. O camisa 25 partiu com a bola pelo meio, enfrentou a defesa e na saída de Fábio, tocou por cima do goleiro para anotar o segundo do time do Morumbi.

A resposta do Cruzeiro veio aos 26 minutos, quando Montillo bateu falta, Rogério Ceni saiu para a defesa e o rebote ficou com Charles, que bateu de primeira para empatar a partida.

O Tricolor voltou a ficar à frente do placar aos 30, quando Dagoberto fez a jogada pela direita e cruzou para Juan usar a cabeça e completar para o fundo das redes de Fábio.

O Cruzeiro empatou novamente o jogo aos 35, após cobrança de escanteio. Anselmo Ramon aproveitou desvio para, sem marcação, apenas encostar a cabeça e marcar o gol.

Os minutos finais foram de muita marcação e jogadas de ataque. As duas equipes não desistiram de buscar o gol da vitória, mas o Tricolor perdeu Denílson, expulso nos acréscimos da partida. Na sequência, a Raposa partiu com a bola pela direita e Anselmo Ramon quase marcou o quarto.

O São Paulo recebe o Internacional na próxima rodada. O Cruzeiro joga fora de casa contra o Bahia.

Foto: Rubens Chiri/Perspectiva/AE{jcomments on}

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x