15 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Gol de goleira dá quinta vitória ao Brasil

Gol de goleira dá quinta vitória ao Brasil

10/12/2011 14h36 - Atualizado há 12 anos Publicado por: Redação
Gol de goleira dá quinta vitória ao Brasil

A quinta vitória da Seleção Brasileira no Mundial Feminino de Handebol saiu das mãos da goleira Babi, a dez segundos do fim do jogo. Com um gol inesperado, em um arremesso de área para área, a jogadora garantiu o placar 34 a 33 para as donas da casa contra a Tunísia nesta sexta-feira, 9, no Ibirapuera, sede do Grupo C, pela última rodada da primeira fase. O primeiro tempo terminou 20 a 16 para as africanas. Na segunda-feira, 12, o Brasil enfrenta a Costa do Marfim às 20h, no mesmo local, pelas oitavas de final.

No dramático duelo, a bola balançou a rede das tunisianas, e o apito final liberou a festa para as brasileiras: abraço coletivo em Babi e muita comemoração. “O cansaço foi, visivelmente, nosso maior inimigoem quadra. Mas, pela campanha que fizemos no Mundial até aqui, merecíamos ganhar. Então, a sensação de ter decidido o resultado a nosso favor é indescritível”, comemorou a camisa 12.  “Sempre esperamos uma oportunidade de fazer gol, porque é diferente para nós. Quando vi a defesa aberta e a goleira delas fora, não tive dúvida em arremessar.”

O jogo foi morno, com as duas equipes se revezando à frente no placar. No entanto, a Tunísia, melhor na defesa, conseguiu abrir vantagem em alguns momentos. Do outro lado, o Brasil pecava nas finalizações, mas conseguiu empatar aos 29 minutos (33 a33). Foi, então, que a inspiração de Babi entrouem quadra. Ogol decisivo deu sequência à boa atuação das goleiras da Seleção. Além de Babi, Chana teve ótima participação na primeira fase, especialmente na virada histórica contra a França.

Com o time já classificado em primeiro lugar, o técnico Morten Soubak deu oportunidade a atletas pouco utilizadas. Os destaques foram a armadora-direita Francine e a ponta-direita Jéssica, que receberam elogios. “A Fran, em minha opinião, deveria ter sido escolhida a melhor da partida. A Jéssica também foi muito bem. Ela é a mais nova do grupo e soube chamar a responsabilidade, fazendo gols em momentos cruciais”, disse o treinador.

A central Ana Paula e a armadora-esquerda Silvia Helena também tiveram atuação destacada. Neste sábado, 10, Morten Soubak começa a estudar a Costa do Marfim, adversária na briga por uma vaga nas quartas de final. “É um time muito forte fisicamente e que tem apresentado altos e baixos no torneio. Elas perderam por apenas três gols para a Suécia”, comentou o técnico do Brasil.

OUTROS JOGOS

Pelo Grupo A, a Islândia se juntou a Noruega, Angola e Montenegro nas oitavas de final. A equipe bateu a China por23 a16 em duelo que encerrou a primeira fase da chave, na Arena Santos. Alemanha e China disputarão a President’s Cup, minitorneio que definirá as posições de 17º a 24º lugares.

“Não tivemos uma boa atuação. Mesmo assim, conseguimos a vitória e alcançamos o objetivo que era passar de fase”, disse a islandesa Dagny Skuladottir, eleita a melhor em quadra.

No Grupo D,em São Bernardodo Campo, a Croácia venceu a Argentina de virada por22 a18 (9 a11 no intervalo). Com o resultado, as europeias asseguraram o segundo lugar na chave e vão enfrentar a Romênia, terceira colocada do Grupo C, nas oitavas de final. Lanterna de seu grupo, a Argentina vai disputar a President’s Cup ao lado do Uruguai.

A partida começou equilibrada, com predomínio argentino. Contudo, assim como no confronto de quinta-feira, 8, quando as argentinas perderam das uruguaias, a torcida brasileira fez a diferença para o adversário, no caso a Croácia, que virou a partida no segundo tempo.

Em Barueri, sede do Grupo B, a seleção russa confirmou o primeiro lugar da chave ao bater o eliminado Cazaquistão por34 a19 (21 a6 no primeiro tempo).

RESULTADOS

Grupo A

Angola 25 x 22 Alemanha

Noruega 28 x 27 Montenegro

China 16 x 23 Islândia

Grupo B

Espanha 39 x 9 Austrália

Holanda 26 x 38 Coreia do Sul

Rússia 34 x 19 Cazaquistão

Grupo C

Cuba 24 x 32 Japão

Romênia 20 x 39 França

Brasil 34 x 33 Tunísia

Grupo D

Costa do Marfim 31 x 24 Uruguai

Suécia 19 x 20 Dinamarca

Croácia 23 x 18 Argentina

 

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x