16 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Grêmio bate o Santos no Olímpico

Grêmio bate o Santos no Olímpico

06/10/2011 01h37 - Atualizado há 13 anos Publicado por: Redação
Grêmio bate o Santos no Olímpico

Bem marcado, Borges não conseguiu produzir no ataque santistaEm jogo adiado da 11ª rodada, o Santos visitou o Grêmio na noite desta quarta-feira, 5, pelo Brasileirão. O Tricolor venceu pelo placar de 1 a 0.

O time gaúcho foi a 39 pontos e subiu para o nono lugar, alimentando chances de ir ao G4. O Peixe fica na parte intermediária da tabela, com 35.

 O Grêmio teve uma chance para marcar logo antes do primeiro minuto, em cobrança de falta, mas a bola bateu na barreira. Em outra chance, Douglas tentou bater forte na bola, mas não conseguiu o gol. Brandão, aos três minutos, também arriscou para a defesa de Rafael.

Brandão teve outra chance ao ficar sozinho e invadir a área, mas o goleiro do Peixe saiu e deu um toque na bola para evitar a finalização. No escanteio seguinte, quase que o Tricolor marcou o gol olímpico. O Grêmio buscava sufocar o Santos desde o começo e impedir os avanços ofensivos dos visitantes.

A pressão surtiu efeito aos nove minutos de partida. Douglas tentou o chute e Rafael pegou. No rebote, Marquinhos dominou a bola na pequena área e cruzou para Brandão subir sem marcação e abrir o placar do Olímpico.

Escudero recebeu passe da direita e bateu para o gol, mas Rafael fez a defesa. A primeira chance do Santos foi aos 13 minutos, em cobrança de falta que Victor acabou pegando. O Tricolor respondeu com lance de Escudero, que tentou levantar a bola para Brandão, mas ela ficou com Rafael.

Aos 16, Alan Kardec fez a jogada pela esquerda e tentou o chute, mas ela bateu na defesa. Ibson pegou o rebote e bateu para fora. O Peixe já equilibrava a partida e conseguia vencer a defesa gremista e Alan Kardec quase marcou o gol de empate, mas Fábio Rochemback conseguiu o corte.

Douglas bate de fora da área e Rafael fez nova defesa. O Santos teve sua chance com Ibson, que dominou na área, fez o drible e bateu rasteiro, mandando a bola muito perto do gol. Aos 37, Mário Fernandes, depois de dar chapéu em Léo, arriscou o chute, mas mandou para fora.

Borges recebeu de Arouca e tentou o chute, mas a bola passou muito perto do gol de Victor. A pressão santista continou nos minutos finais, mas o Peixe não conseguiu chegar ao gol de empate.

A primeira chance do segundo tempo foi do alvinegro, com Borges, mas ele bateu longe do gol. O Grêmio respondeu com cruzamento de Douglas para a área, mas que Rafael pegou. Escudero tentou a jogada aos quatro minutos, para nova defesa do goleiro do Santos.

Douglas bateu falta aos dez minutos e o goleiro do Santos salvou o Peixe de tomar o segundo gol. No rebote, foi a vez de Julio César tentar e Rafael espalmar. O Peixe buscava abrir espaço na defesa gremista, especialmente depois da entrada de Rentería em campo.

Marquinhos tomou a bola no campo de defesa e partiu com a bola, tocando para Douglas, que dominou e tentou o chute rasteiro para a defesa de Rafael. O Tricolor já não conseguia mais se impor na partida e permitia ao Santos tocar a bola e tentar incomodar a defesa.

Douglas arriscou novamente aos 33, mas a bola passou perto do gol. Aos 36, Edu Dracena teve a chance de marcar o empate do Peixe, após rebote de cruzamento, mas ele não conseguiu alcançar a bola para colocá-la dentro das redes de Victor. O Grêmio respondeu em chute de Miralles, que passou ao lado do gol de Rafael. Nos acréscimos, o argentino tentou de novo e mandou para fora. Fábio Rochemback ainda arriscou para o gol, mas sem sucesso.

O Santos joga o clássico com o Palmeiras na próxima rodada. O Grêmio enfrenta o Coritiba

Foto: Edu Andrade/AE{jcomments on}

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x