23 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Manchester United é goleado pelo Crystal Palace e se distancia de vaga na Liga Europa

Manchester United é goleado pelo Crystal Palace e se distancia de vaga na Liga Europa

Sem o meia português Bruno Fernandes, o United sofria, também, na construção das jogadas

07/05/2024 16h26 - Atualizado há 2 semanas Publicado por: Redação
Manchester United é goleado pelo Crystal Palace e se distancia de vaga na Liga Europa Foto – Arte – JornalPP

Reportagem – Estadão Conteúdo

O Manchester United vive um fim de Campeonato Inglês melancólico. Distante do G-4 e de consequente vaga para a Liga dos Campeões, os comandados de Ten Hag tinham como última missão buscar chegar ao quinto lugar e tentar classificação na Liga Europa. Nesta segunda-feira, contudo, a equipe levou sonora goleada de 4 a 0 na visita ao Crystal Palace e praticamente deu adeus às remotas chances.

A pior derrota na atual edição do Campeonato Inglês – havia levado 3 a 0 de City e Bournemouth – veio com diversos erros defensivos, um Casemiro totalmente perdido como zagueiro e quase nenhuma produção defensiva. No domingo, o rival é simplesmente o líder Arsenal, concorrente do arquirrival City pelo título.

Os problemas defensivos apresentados na rodada anterior, na qual cedeu a igualdade ao Burnley em pleno Old Trafford, por 1 a 1, também voltaram a atrapalhar a vida do United em Selhurst Park, casa do Crystal Palace.

Depois de Onana salvar o time com o atacante cara a cara, o goleiro nada pôde fazer quando Olise passou por dois marcadores no meio e avançou, sem pressão. O atacante bateu cruzado e abriu o placar com somente 11 minutos.

Sem o meia português Bruno Fernandes, o United sofria, também, na construção das jogadas. E a bola quase não chegava na frente para Antony, Garnacho, Mount e Hojlund. Os chuveirinhos eram a única saída, com Casemiro, escalado como zagueiro e um tanto perdido, falhando nas cabeçadas.

Sofrendo com a marcação alta do Crystal Palace, o United viu a desvantagem aumentar antes do intervalo. Dalot errou o passe e o contragolpe foi fatal. Mateta passou como quis por Evans e mandou um chutaço para anotar o segundo gol dos mandantes.

Casemiro até descontou no começo do segundo tempo. Mas o VAR invalidou o gol. Foi o único lance de emoção do United. Logo depois, Onana trabalhou com excelência em duas finalizações perigosas. O massacre virou gol na terceira oportunidade, com Mitchell mandando o cruzamento às redes.

Oito minutos após ampliar, o Palace transformou a surra em goleada. Roubada de bola em cima de Casemiro, o colombiano Daniel Munoz serviu Olise que bateu forre, no alto de Onana, para gigante festa no Selhurst Park. Restavam 24 minutos para os donos da casa aplicarem um resultado histórico e para o gigante tentar diminuir o vexame. Mas o placar não se alterou porque a bomba de Edouard parou na trave, no que seria o quinto gol.

O United permanece na oitava colocação, com 54 pontos, a seis do Tottenham, o quinto e com a vaga na Liga Europa, restando três partidas. O Crystal Palace sobe para 43, em 14º, já livre de qualquer ameaçada de queda.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x