25 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Papão é tetra

Papão é tetra

Após a goleada por 6 a 0 na ida, Papão confirmou o título com vitória por 4 a 0; equipe também levantou a taça em 2016, 2018 e 2022

31/05/2024 18h19 - Atualizado há 4 semanas Publicado por: Redação
Papão é tetra FOTO: Paysandu conquistou a Copa Verde pela quarta vez Créditos: Staff Images / CBF

Assessoria CBF

O Paysandu venceu o Vila Nova por 4 a 0, no Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia, e conquistou a Copa Verde pela quarta vez em sua história, na noite desta quarta-feira (29). Nicolas, João Vieira, Vinicius Leite e Edinho marcaram os gols do triunfo paraense. A vitória foi a cereja no bolo do Papão, que já havia goleado o Tigre por 6 a 0, pelo jogo de ida, no Curuzu, em Belém.

Com o título, a grande torcida do Papão pode soltar o grito de campeão nesta temporada, depois de ter sido derrotada na decisão em 2023. Graças à conquista, o clube, que levantou a taça em 2016, 2018 e 2022, também se classificou diretamente para a terceira fase da Copa do Brasil de 2025.

Nesta edição, a equipe comandada por Hélio dos Anjos superou Rio Branco-AC, Manaus e Remo antes de enfrentar o Tigre na decisão. Nos sete jogos do torneio, foram 18 gols marcados e apenas dois sofridos.

Do outro lado, fica a campanha honrosa do Vila Nova, que segue em busca de levantar a taça da Copa Verde pela primeira vez e que foi vice-campeão em três edições: 2021, 2022 e 2024.

O JOGO


FOTO: Paysandu conquistou a Copa Verde pela quarta vez
Créditos: Staff Images / CBF

Em desvantagem, o Vila Nova relacionou 11 jogadores das categorias de base para a partida. Quatro deles estiveram entre os titulares: os zagueiros Vitor Graziani e Léo Gama,  o lateral Marcos Rondon e o meia-atacante João Lucas. Já o treinador Hélio dos Anjos colocou o que tem de melhor em campo, como uma demonstração de respeito aos adversários.

Aos três minutos de jogo, Nicolas mostrou o motivo de ser o artilheiro da Copa Verde. Ele aproveitou tentativa de Ruan Ribeiro e escorou para marcar seu sexto gol na competição.

Aos 13 minutos, os goianos responderam com Henrique Almeida que finalizou, mas o chute foi defendido por Diogo Silva. Aos 21 minutos, o árbitro retirou o cartão vermelho aplicado ao lateral Edilson, do Paysandu.

O Tigre seguiu tentando e, aos 37 minutos, Estevão teve chance na entrada da área, mas o chute colocado passou por cima do gol. Dois minutos depois, o Paysandu ampliou o placar com João Vieira, que não desperdiçou chance na entrada da área.

Mesmo com o título encaminhado, o Paysandu não abriu mão de jogar no segundo tempo e, aos 26 minutos, fez o 3 a 0. Vinicius Leite empurrou para o fundo das redes, com passe de Edinho.

Após a assistência, Edinho marcou o gol mais bonito da noite. Ele recebeu lançamento, deu um chapéu no goleiro do Vila Nova e tocou a bola para transformar a vitória em goleada e fechar o placar da final, coroando o título do Paysandu com um tento marcante.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA: Vitor Hugo; Apodi (Breno), Vitor Graziani, Léo Gama e Marcos Rondon (Lucas Bispo); Bruno Matias, João Vitor e Luciano Naninho (Islan); João Lucas (Carlos Miguel), Estevão (Gustavo Pajé) e Henrique Almeida. Treinador – Raphael Miranda.

 

PAYSANDU: Diogo Silva; Edílson, Wanderson, Lucas Maia e Kevyn; João Vieira (Netinho), Leandro Vilela (Val Soares) e Juninho (Vinicius Leite); Esli García (Robinho), Ruan Ribeiro (Edinho) e Nicolas. Treinador – Hélio dos Anjos.

 

 

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x