24 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Esporte

Jornal Primeira Página > Notícias > Esporte > Polo aquático feminino perde para Canadá

Polo aquático feminino perde para Canadá

24/10/2011 17h16 - Atualizado há 13 anos Publicado por: Redação
Polo aquático feminino perde para Canadá

Polo aquático perdeu feio para o CanadáDepois da boa estreia nos Jogos Pan-americanos Guadalajara 2011, com a vitória por 8 a 5 sobre o México, a equipe feminina de polo aquático do Brasil foi derrotada pelo Canadá por 13 a 4, nesta segunda-feira, 24, no Centro Aquático. A seleção volta a atuar nesta terça-feira, 25, diante da Venezuela, em busca da vitória para garantir a vaga na semifinal.

Embaladas pelo bom desempenho contra as donas da casa na véspera, as brasileiras começaram bem e fizeram um primeiro quarto equilibrado. Depois de segurar o Canadá e sair com a pequena desvantagem de 2 a 0, a equipe se perdeu no segundo período. Após marcar o primeiro gol com Luiza Carvalho, o Brasil se desconcentrou e viu as canadenses assumirem o controle do jogo, fechando o primeiro tempo em 5 a 1.

O domínio canadense anunciado no período anterior se confirmou no terceiro quarto. Comandadas por Joelle Bekhazi, que anotou três gols ao longo na partida, as rivais do Brasil abriram 10 a 1 e entraram para o último período em situação confortável. As brasileiras subiram de produção e marcaram três vezes, fechando o placar em 13 a 4.

“A diferença não deveria ter sido tão grande, tínhamos a esperança de fazer um jogo mais duro contra elas. Mas entramos desatentas depois do jogo contra o México, é uma coisa que acontece depois de uma partida como aquela. O primeiro e o quarto períodos não foram tão ruins, mas cometemos erros que ontem não aconteceram e não conseguimos impor nosso jogo, deixamos que elas ditassem o ritmo”, analisou Mariana Zablith.

As brasileiras enfrentam agora a Venezuela de olho não apenas na esperada vitória, mas também na oportunidade de passar por mais um teste antes para seu objetivo real: o duelo com Cuba pela medalha de bronze em Guadalajara 2011. Caso a lógica se confirme, Estados Unidos e Canadá brigarão pelo título.

“Queremos fazer um jogo bem melhor que o de hoje. Costumamos vencer a Venezuela e esperamos que continue assim”, disse Marina. “Vai ser uma boa maneira de nos testar fisicamente e colocar mais volume de jogo de olho no nosso grande objetivo que é a partida contra Cuba”. (cob.org.br)

Foto: Gaspar Nóbrega/Inovafoto/COB{jcomments on}

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x