25 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Internacionais

Jornal Primeira Página > Notícias > Internacionais > Janja parabeniza Claudia Sheinbaum por vitória no México e fala em ‘novo capitulo’ no país

Janja parabeniza Claudia Sheinbaum por vitória no México e fala em ‘novo capitulo’ no país

Na publicação, a primeira-dama citou a importância do México na região da América Latina

03/06/2024 15h33 - Atualizado há 3 semanas Publicado por: Redação
Janja parabeniza Claudia Sheinbaum por vitória no México e fala em ‘novo capitulo’ no país Foto – Arte – JornalPP

Reportagem – Estadão Conteúdo

A primeira-dama, Rosângela da Silva, conhecida como Janja, parabenizou a vitória de Claudia Sheinbaum, eleita no domingo, 2, como a primeira mulher a presidir o México. Ao desejar sucesso à nova presidente, Janja afirmou que o resultado das eleições representa um “novo capítulo” que inspira e fortalece a luta de maior participação feminina na política.

“Começando a semana com uma ótima notícia! O México elegeu nesse domingo sua primeira Presidenta. Claudia Sheinbaum é cientista (Dra em Engenharia Ambiental) e política, e tem mais de 20 anos de trabalho na aplicação de seus conhecimentos na construção e implantação de políticas públicas”, escreveu a primeira-dama em publicação no X, antigo Twitter, nesta segunda-feira, 3. Até a publicação desta matéria, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não havia se manifestou sobre o assunto.

“Apesar dos desafios e da violência nesse ciclo eleitoral, Claudia conquistou uma vitória significativa e seguirá, com a confiança do povo mexicano, trabalhando no combate à pobreza e a violência em seu país”, disse. Segundo Janja, a experiência de Sheinbaum na área ambiental pode impulsionar a transformação do país no enfrentamento da crise climática.

Na publicação, a primeira-dama citou a importância do México na região da América Latina. “Com uma ampla história de luta de seu povo, e principalmente das mulheres mexicanas, esse novo capítulo nos inspira e fortalece na luta por mais mulheres na política”, comentou. “Viva a democracia”, finalizou a mensagem.

Sheinbaum, de 61 anos, a herdeira política de Andrés Manuel López Obrador, foi eleita a primeira mulher a presidir o México. Ela será empossada em 1º de outubro para um mandato de seis anos

“Não chego sozinha. Chegamos todas, com nossas heroínas que nos deram a pátria, nossas ancestrais, nossas mães, nossas filhas e nossas netas”, disse Sheinbaum após a divulgação dos resultados no auditório de um hotel no centro da Cidade do México. No discurso, ela reforçou a promessa de dar continuidade ao governo Obrador.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x