28 de Fevereiro de 2024

Dólar

Euro

Miltinho de Carvalho

Jornal Primeira Página > Notícias > Miltinho de Carvalho > Coluna Miltinho de Carvalho – 05/09/2023

Coluna Miltinho de Carvalho – 05/09/2023

Todo conteúdo de informações e imagens aqui publicados, quanto as suas origens, são de responsabilidade do colunista

05/09/2023 05h02 - Atualizado há 6 meses Publicado por: Redação
Coluna Miltinho de Carvalho – 05/09/2023

Humor Caipira – Ovos Valiosos 

A galinha de granja e a galinha caipiras conversavam:

– Você viu? Meu ovo valorizou, agora está custando dez centavos!

Disse a galinha caipira.

– Isso não é nada. E o meu que custa quinze centavos e é bem maior?

– Nem… Eu que vou rasgar meu … por causa de dez centavos!

 

Mensagem para o mês de setembro

Seja bem-vindo, setembro!

Que nos traga grandes alegrias e muitas mudanças.

Nesse mês que se inicia, que eu tenha coragem para realizar tudo com sabedoria e confiança.

 

Orquestra de violeiros de São Carlos se apresentará em Descalvado

Na próxima sexta-feira (8), a cidade de Descalvado (SP) comemora 291 anos de emancipação, e para comemorar a data, a Prefeitura Municipal contratou a Orquestra de Violeiros de São Carlos (SP), para uma apresentação que será realizada na Praça São Benedito, a partir das 10h, com muita música e moda de viola.

Conheça a trajetória da Orquestra de Violeiros de São Carlos (SP)

A Orquestra de Violeiros de São Carlos (SP) nasceu há 10 anos, quando o professor Antônio Carlos Dovigo, o ‘Kaia’, e alguns de seus alunos, decidiram em montar um grupo de violeiros para se apresentar em festas e eventos.

A vontade de resgatar a cultura caipira através da música raiz, impulsionou o grupo que no princípio era pequena e cheia de motivação.

Os anos foram passando e numa constante renovação de seus integrantes, a orquestra ganhou mais corpo quando o ‘professor’, passou a ministrar aulas de viola para um grande grupo no SESC São Carlos (SP), com material humano e muita vontade, a mesma ganhou volume e passaram a se apresentar em praças públicas da cidade.

Com um grande repertório e diversificado, foi ganhando destaque e a aceitação do público foi imediata.

Anos depois o SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), convidou o professor para ministrar um curso de noções de viola caipira. O curso foi um sucesso e a orquestra foi se estruturando cada vez mais.

Após cinco anos de cursos e com ensaios semanais, a mesma ganhou apoio e se tornou grande e sólida com mais de quarenta músicos e com um grupo de catira, nascido recentemente. Com um repertório composto pela autêntica música sertaneja, com o objetivo de levar a cultura caipira, a orquestra vem se apresentando em diversos eventos por todo o Estado de São Paulo.

A Coluna Sertaneja parabeniza a cidade de Descalvado (SP) pelos seus 291 anos.

 

Conheça um pouco da trajetória de Jorge Luiz Pereira Figueiredo, cantor e compositor

Jorge Luiz Pereira Figueiredo, nasceu na cidade de Cachoeira (BA), em 8 de outubro de 1953.

Jorge Tayme, foi um dos pioneiros cantores a se apresentar em trio elétrico na Bahia. Considerado o pai da música baiana, Jorge Tayme ficou conhecido pelo sucesso ‘Deboxe do Passarinho’, que se tornou um hino da música em tal localidade do país, que era tocado obrigatoriamente por todas as bandas e cantores nos 80 e 90 na Bahia.

Dito isso pelo inventor de trio elétrico, Osmar Macedo e Orlando Campos, do Trio Tapajós. O seu primeiro sucesso foi a música ‘Deboxe de Passarinho’, gravada no ano de 1986, que ficou por três anos consecutivos na parada de sucesso e em primeiro lugar nas pesquisas de maior execução dos últimos anos da música baiana, permanecendo ainda nas rádios, trios e na boca do povo que grita ‘Bateu a asa e voou, ae ouuu, meus sábias, meu beija-flor”, fato que aconteceu também em outras cidades como Aracajú, Maceio, Natal, Feira de Santana, Brasília, entre tantas outras.

Jorge Tayme realizou turnês pelo Sul do país, Rio de Janeiro, até Foz do Iguaçu, no Paraná, indo até a Argentina e Paraguai.

Abertura do carnaval da cidade da Conceição da Barra no Espírito Santo, no ano de 2006. Foi atração do bloco das Negrinhas do Barreiro, em 2007. Fez o carnaval de Salvador, nos bairros sempre com bandas e trios musicais baianos e foi o maior sucesso com suas músicas antigas e atuais.

Jorge Tayme, dedica-se totalmente a uma pesquisa de mercado musical e chega a conclusão que o caminho para o sucesso da música atual produzida na Bahia, só terá sustento se houver uma grande produção com potencial direcionado a criatividade e a pesquisa de corpo a corpo, sendo assim, Jorge busca no fundo do baú os grandes flashbacks, com os maiores sucessos da música internacional e deu a ela um swing totalmente diferente e especial, e deixou rolar a solta no próprio carnaval de muitas emoções que fez o povo vibrar de emoção.

Jorge Tayme, passou por vários estilos musicais desde axé music, românticas e bregas, e também o inesquecível baile de flashback, revivendo as músicas dos anos 60, 70, 80 e atuais.

 

Cantinho da Saudade com Industrial e Fazendeiro

Industrial e Fazendeiro, iniciaram a carreira em 1976, sempre gravando suas canções pela gravadora Chantecler.

Fizeram parte do elenco do Programa Edgard de Souza, pela Rádio Tupi de São Paulo, e do ‘Linha Sertaneja Classe A’, pela Rádio Record, com dois programas semanais, sendo às terças e sextas-feiras, com trinta minutos de duração, apresentado por José Russo.

Fizeram muito sucesso na década de 80, com as músicas, A Corrida do Ouro; Amor, Amor, Amor; As Vezes Preciso Chorar; Ébrio; entre outros.

Fazendeiro faleceu no dia 12 de maio de 2016.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x