17 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Miltinho de Carvalho

Jornal Primeira Página > Notícias > Miltinho de Carvalho > Coluna Miltinho de Carvalho – 18/04/2023

Coluna Miltinho de Carvalho – 18/04/2023

18/04/2023 05h02 - Atualizado há 12 meses Publicado por: Redação
Coluna Miltinho de Carvalho – 18/04/2023

Humor Caipira – Pecado Capital

Um paulistano, trabalhando duro, suado, de terno e gravata, vê um caipira deitado numa rede, na maior folga.

O paulistano não resiste e diz:

— Você sabia, que a preguiça é um dos sete pecados capitais?

E, o caipira, sem nem se mexer, responde:

— A inveja também!

 

Mensagem de reflexão da semana

Às vezes a gente ri, com o coração apertado…, mas continua, porque sabe que nem tudo depende da gente.

Então, pra caminhada ser mais leve… Respiramos fundo, colocamos um lindo sorriso no rosto e bora que vai passar!

Vai passar. Deus cuida de tudo… sempre.

Calma, calma… não se preocupe tenha calma.

 

“Mattão & Monteiro” vem agitando o cenário da música sertaneja

Eles que passaram por uma nova formação. Agora, o nome Mattão foi assumido pelo cantor Artur, o que trouxe um ar moderno para o repertório da dupla.

A dupla apresenta o DVD Modão Moderno, projeto recheado de modões, que une duas gerações do sertanejo!

Fica de olho!!!

 

Cantinho da saudade – “Pirapora & Cambara”

Iniciaram a carreira em Londrina, na Rádio Difusora do Paraná. Receberam convite de Nhô Zé e se apresentaram no programa Alvorada Cabocla.

Em 1958, gravaram o primeiro disco pela Chantecler, cantando a rancheira “Desencoste da Chiquinha”, de Cambará e o xote “O negócio é o seguinte”, de Teddy Vieira e Augusto Toscano.

No mesmo ano, alcançaram sucesso apresentando-se na Rádio Nacional de São Paulo. A rancheira “Desencoste da Chiquinha” tornou-se um clássico da música sertaneja. Em 1959 lançaram o maxixe “Festa de palhaços”, de Piraci e Teddy Vieira e a rancheira “O cheiro da rosa”, de autoria da dupla.

No mesmo ano, pelo selo Sertanejo gravaram a embolada “São Paulo bão” e o corrido “Mariposa arrependida”, as duas de autoria da dupla.

Em 1960 gravaram, também de autoria dos dois, o valseado “Izaura” e o tango “Amargurado”.

Em 1961 gravaram de Luiz vieira e Ubirajara dos Santos a rancheira “Tatu na toca”. Em 1963 compuseram em parceria com o radialista José Russo a canção rancheira “Procura esquecer-me”.

Gravaram ainda os LPs “Reis da embolada” e “Tô aqui prá te ajudá”.

 

Alexia Reis uma das maiores promessas da música sertaneja Feminina

Alexia Reis, paulistana de nascimento e mineira de coração, a cantora de 22 anos, que começou em bares e casas noturnas ganha sua primeira grande chance na carreira profissional, contratada pela WorKShow Promoções, conhecida no mercado por apresentar ao Brasil grandes talentos, enxergou na artista potencial para que ela se junte ao time de mulheres vencedoras na música sertaneja.

“A voz dela é marcante e ainda tem o dom da caneta; compõe como poucos”, afirma Wander Oliveira, CEO da produtora musical. Em 2021, gravou um dvd ao vivo o hits “Baby me esquece”que está  em todas as plataformas de áudio, no canal Oficial da artista no YouTube: https://www.youtube.com/c/AlexiaReisOficiall.

A faixa escolhida não poderia ter uma parceria melhor, em “Você e Ela”, Alexia Reis se junta a Maiara & Maraisa numa linda canção de autoria da própria Alexia e Yago Carlini.

Nossos parabéns a cantora “Alexia Reis” sucesso sempre e que Deus os abençoe grandiosamente.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x