18 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Polícia

Jornal Primeira Página > Notícias > Polícia > Açougueiro embriagado atropela pedestre e é preso no Jardim Macarengo

Açougueiro embriagado atropela pedestre e é preso no Jardim Macarengo

Indivíduo conduzindo um Fusca, havia na contramão de direção atingido a vítima que caminhava na calçada

05/04/2024 08h13 - Atualizado há 1 mês Publicado por: Redação
Açougueiro embriagado atropela pedestre e é preso no Jardim Macarengo FOTO – JEAN GUILHERME – JORNAL PRIMEIRA PÁGINA

Reportagem – Jean Guilherme

Um açougueiro de 47 anos, foi preso em flagrante delito pela Guarda Municipal, no final da noite desta quinta-feira (4), após na contramão de direção, na condução de um automóvel Volkswagen Fusca 1300, Branco, Ano e Modelo 1976, Placas de São Carlos (SP), ter atropelado um pedestre que caminhava na calçada, no Jardim Macarengo.

O fato ocorreu às 22h50, na Avenida São Carlos. Em um patrulhamento preventivo por tal endereço, os agentes municipais se depararam com uma aglomeração de pessoas, bem como avistaram em ato continuo o referido veículo parado na contramão de direção, com as duas rodas traseiras sobre a calçada, e então decidiram parar a viatura para melhor averiguar o que estaria ocorrendo, onde no desembarcar para verificar o caso, os GMs foram abordados pela vítima, que disse que estaria caminhando na calçada, quando na contramão de direção tal carro havia o atropelado, causando ferimentos em seu pé direito.

Durante contato com o motorista do veículo, foi constatado que este apresentava sinais de embriaguez, bem como estaria com fala pastosa e odor etílico, sendo de imediato contido e algemado, diante de bastante agressividade, sendo acionado por socorro para a vítima junto ao SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que compareceu ao local dos fatos e prestou as devidas intervenções junto ao ferido. Após os procedimentos por parte da Polícia Técnico-Científica, o acusado foi encaminhado e apresentado na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de São Carlos (SP), onde ao ser convidado para a realização do teste do etilômetro, o bafômetro, o indivíduo negou, bem como não quis fornecer amostra de sangue para o exame de dosagem alcóolica, onde então foi requisitado a presença de um médico legista, que clinicamente diagnosticou a situação de embriaguez, bem como a alteração da capacidade psicomotora do acusado, que autuado em flagrante delito por embriaguez ao volante, foi ao término do registro de Boletim de Ocorrência, recolhido ao Centro de Triagem de São Carlos (SP).

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x