25 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Polícia

Jornal Primeira Página > Notícias > Polícia > Comandante Interino do 3º BPRv explica a reformulação da Base 310/3

Comandante Interino do 3º BPRv explica a reformulação da Base 310/3

Entenda com detalhes a nova forma de operação da Base Operacional da Polícia Militar Rodoviária em São Carlos (SP)

29/11/2023 17h27 - Atualizado há 7 meses Publicado por: Redação
Comandante Interino do 3º BPRv explica a reformulação da Base 310/3 Foto: Jean Guilherme
Reportagem: Jean Guilherme

O Comandante Interino do 3º BPRv (Batalhão de Polícia Militar Rodoviária) situado em Araraquara (SP), Major PM Francisco Pane Neto, emitiu uma nota para a imprensa nesta quarta-feira (29), informando como será a nova forma de operação da Base Operacional 310/3, situada na Rodovia Washington Luís (SP-310), em São Carlos (SP).

“Primeiramente vale destacar, que a unidade situada no KM-233 mais 600 metros, Pista Sul, sentido Interior para a Capital, não está e não será desativada, e seu funcionamento passará ser de forma ‘monitorada’, por meio de tecnologia de acessibilidade ao usuário e comunicação em tempo real, de forma digital, propiciando um melhor aproveitamento do efetivo policial, visto que sua atuação não se limita a proteger a estrutura física, ou seja, a fiscalização estática passa a ser dinâmica dentro do subsetor de atuação, pois os policiais conseguirão ampliar o leque de ações em pontos de sinistralidade e de ocorrências criminais”, destacou o Oficial do policiamento.

Com efeito, segundo relatou Major PM Pane, se reconhece a importância da referida BOp (Base Operacional) para os usuários da região de São Carlos (SP) e cidades vizinhas, e exatamente por esse motivo, considerando que o direito ao trânsito em condições seguras é uma garantia a todos os usuários das vias públicas e constitui dever dos órgãos e entidades que integram o Sistema Nacional de Trânsito, foi contemplada a possibilidade de adequação da prestação do serviço público, respeitando-se o princípio de eficiência.

Vale destacar que os projetos de monitoramento de Base Operacionais no âmbito do Policiamento Militar Rodoviário, na sua essência representam um aparato de recursos materiais e efetivo, além de assimilar o comprometimento com o policiamento tradicional, devem evoluir para um estágio de tecnologia, que não necessariamente, dependa da presença física constante do policial no interior da instalação policial.

“Diante do exposto, a decisão de monitorar ou não uma Base Operacional, estará alicerçada por uma visão de prevenção primária e outra de análise de riscos, ambas associadas ao uso da tecnologia, o que ofertará a comunidade uma sensação de segurança e ao mesmo tempo, potencializará o policiamento ostensivo e preventivo, contudo, caso haja recuperação do efetivo, gradativamente a iniciativa de Base presencial será retomada”, salientou o Major.

Reafirmando o compromisso com a ordem, com o consentimento a fiscalização e as medidas administrativas, tendo sempre como objetivo prioritário a proteção à vida e à incolumidade física das pessoas, sem descuidar da manutenção predial e do efetivo existente, a Base Operacional 310/3, continuará a servir de suporte a população, porém com o uso da inovação e da tecnologia de acessibilidade estática e embarcada, de modo que a viatura que estiver gravitando ao seu redor possa rapidamente acessar qualquer ponto de circunscrição em poucos minutos e que o efetivo que nela atua continue a utilizar as instalações para alimentação, pernoite, fiscalização e outras atividades, que funcionam de maneira integrada com a patrulha.

“Reitere-se que as ações operacionais levadas a efeito no âmbito do Policiamento Militar Rodoviário, são lastreadas por análise de casos, estatísticas, inteligência policial, treinamento e internalização de valores, que, sob a ótica das técnicas mais modernas da gestão contemporânea, racionalizam o emprego dos meios humanos e materiais disponíveis, e, em decorrência desse planejamento, alcançamos consideráveis índices de redução de acidentalidade e, consequentemente, aumento na prevenção de vidas”, finalizou Pane.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x