13 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Polícia

Jornal Primeira Página > Notícias > Polícia > Equipes da Força Tática de São Carlos reforçam efetivo na Baixada Santista

Equipes da Força Tática de São Carlos reforçam efetivo na Baixada Santista

Policiamento especializado auxiliará no reforço da Operação Escudo e Verão 2024, que se encontram em andamento

15/02/2024 11h15 - Atualizado há 2 meses Publicado por: Redação
Equipes da Força Tática de São Carlos reforçam efetivo na Baixada Santista Foto: Jean Guilherme

Reportagem: Jean Guilherme

Algumas equipes da Cia de Força Tática do 38º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior) sediado em São Carlos (SP), tomaram destino à Baixada Santista, onde atuarão no auxílio da Operação Escudo e também Verão 2024, que se encontram em andamento.

O Jornal Primeira Página manteve contato com o Comandante do Batalhão, o Tenente Coronel PM Luís Sérgio Mussolini Filho, que destacou que as equipes foram convocadas para o reforço do policiamento no combate ao crime em tal região.

“Fomos convocados, algumas equipes de São Carlos (SP) como outras cidades da região também foram designadas para tal ação ao combate do crime organizado e demais ato ilícitos na Baixada Santista, e além do confronto à criminalidade naquela região, nosso policiamento preventivo e especializado também ficará atuando com foco no combate ao crime em São Carlos (SP), e nas outras cidades de competência do nosso batalhão”, destacou Mussolini.

OPERAÇÃO ESCUDO – Até a última terça-feira (13), 20 mortes já tinham sido contabilizadas em desdobramentos da ação policial no combate ao crime na Baixada Santista. As intervenções tiveram início em 2 de fevereiro, depois que a Polícia Militar necessitou reforçar o efetivo e enfrentamento à criminosos na região, diante da execução de um PM da ROTA (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar). Segundo a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo), todos os casos registrados em tais ocasiões, vem sendo investigados pela Delegacia de Polícia Civil de Santos (SP), além de estarem sendo acompanhados pelo Ministério Público e o Judiciário em tal Comarca.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x