19 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Polícia

Jornal Primeira Página > Notícias > Polícia > Familiares de criança internada na UTI Infantil da Santa Casa ameaçam funcionários do hospital

Familiares de criança internada na UTI Infantil da Santa Casa ameaçam funcionários do hospital

Atos estariam ocorrendo desde o dia 10 deste mês, e fato se intensificou após o dia 19, segundo boletim de ocorrência

22/08/2023 13h21 - Atualizado há 8 meses Publicado por: Redação
Familiares de criança internada na UTI Infantil da Santa Casa ameaçam funcionários do hospital Foto: Arquivo / Jornal Primeira Página
Reportagem: Jean Guilherme

Funcionários da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Infantil, da Santa Casa de São Carlos (SP), procuraram pela Polícia Civil, no decorrer da manhã da última segunda-feira (21), após estarem sendo ameaçados por familiares de uma criança que está internada nas dependências hospitalares.

Segundo os registros do policiamento judiciário, desde o dia 10 de agosto, quando foram iniciados os tratamentos junto a menina, os familiares da paciente se encontram proferindo ofensas e ameaças contra a equipe de enfermagem e médica do referido setor, onde então a partir do dia 19, os atos passaram a se intensificar, sendo afirmado pelos acusados, que a equipe médica seria ‘vagabunda’ e ‘safada’, além de serem feitas afirmações de que fora do hospital não teria segurança e que deveriam ir para fora, para que as partes pudessem ‘resolver o problema’.

Ainda de acordo com as informações, na noite do último sábado (19), o pai da criança tentou invadir o conforto médico aos chutes e dizendo que iria pegar a médica pelos cabelos. Já por volta das 12h30 do domingo (20), durante o horário de visitação, foi feito um ‘escândalo’ na UTI Pediátrica, apesar da presença da segurança institucional, tendo que ser retirada a parte do local contra a sua vontade, pois além de colocar a vida da sua filha em risco, a parte teria ainda atrapalhado o bem estar dos outros pacientes ali internados e da UTI Neonatal, que se encontra em frente ao local dos fatos.

Não contentes, na mesma data durante o término do turno de serviço às 19h, os familiares estariam na portaria de entrada e saída de funcionários ameaçando a equipe do setor onde a paciente se encontra sobre tratamento.

Diante dos fatos, foi elaborado registro de Boletim de Ocorrência de Ameaça e Injúria.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x