18 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Polícia

Jornal Primeira Página > Notícias > Polícia > Homem perde R$ 6 mil ao tentar comprar motocicleta no Facebook em São Carlos

Homem perde R$ 6 mil ao tentar comprar motocicleta no Facebook em São Carlos

Vítima realizou a transação via Pix ao golpista, que alegou entregar o veículo com o recibo preenchido em seu nome, o que não ocorreu

23/05/2024 11h05 - Atualizado há 4 semanas Publicado por: Redação
Homem perde R$ 6 mil ao tentar comprar motocicleta no Facebook em São Carlos Foto - JornalPP

Reportagem – JornalPP

Um vigilante de 43 anos ficou no prejuízo de R$ 6 mil, na tarde da quarta-feira (22), ao negociar a comprar de uma motocicleta com um golpista, na plataforma Marketplace do Facebook, enquanto estaria no bairro Jockey Clube, em São Carlos (SP).

O fato ocorreu por volta das 13h05, enquanto a vítima estaria na Rua Rio Paraguai. De acordo com o informado, o vigilante se interessou pelo veículo duas rodas, sendo uma Honda 150 Titan, 2006, anunciada por R$ 6,2 mil. Via o Messenger, para contato com o suposto vendedor, o rapaz manteve contato e demonstrou interesse na motocicleta, onde ficou acordado a transferência da quantia de R$ 6 mil, e que na ocasião o veículo seria entregue para o comprador e vítima em São Carlos (SP), já com o recibo de compra e venda preenchidos em seu nome, estando tudo pronto para a transferência.

Ao não receber a motocicleta, a vítima então se deslocou até o endereço indicado pelo estelionatário, que seria o local em que estaria o veículo, e em contato com o real proprietário da motocicleta, este afirmou que o golpista manteve contato com a sua pessoa, informando que um familiar dele iria dar uma olhada na motocicleta em questão, onde questionado sobre a entrega do veículo em São Carlos (SP) com o recibo preenchido, o real proprietário do veículo duas rodas afirmou que o vigilante havia sido vítima de um golpe, pois ele não teria recebido qualquer quantia pela venda.

Por meios próprios ao regressar para São Carlos (SP), a vítima procurou pela CPJ (Central de Polícia Judiciária), onde foi registrado Boletim de Ocorrência sobre o fato.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x