25 de Fevereiro de 2024

Dólar

Euro

Polícia

Jornal Primeira Página > Notícias > Polícia > Morre mulher atropelada por motociclista no Eduardo Abdelnur

Morre mulher atropelada por motociclista no Eduardo Abdelnur

Na data do acidente, vítima foi socorrida em estado grave ao SMU da Santa Casa e acusado foi preso por embriaguez ao volante

05/02/2024 08h26 - Atualizado há 3 semanas Publicado por: Redação
Morre mulher atropelada por motociclista no Eduardo Abdelnur Foto: Jean Guilherme

Reportagem: Jean Guilherme

Infelizmente, evoluiu à óbito na noite da sexta-feira (2), Alcione Cristina Matos, 45 anos, que na noite de 28 de janeiro, foi atropelada por um motociclista embriagado, no Eduardo Abdelnur, em São Carlos (SP).

Após ter sido socorrida em estado grave pela USA (Unidade de Suporte Avançado) do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) ao SMU (Serviço Médico de Urgência) da Santa Casa de São Carlos (SP), a vítima permaneceu internada até a referida data, e infelizmente não resistiu aos ferimentos, tendo a sua morte atestada.

O acidente que vitimou a mulher, ocorreu às 19h27, na Rua Lúcia Amélia dos Santos Cândido. Empenhada para o atendimento de uma ocorrência de acidente de trânsito com vítima, uma equipe do policiamento militar de imediato e rapidamente se deslocou na ocasião ao local dos fatos, onde na chegada se deparou com o motociclista coagido por populares, sendo inclusive ameaçado diante do ocorrido, sendo necessárias intervenções quanto ao fato.

Questionado sobre o ocorrido, o motoboy afirmou que estaria jogando baralho antes do acidente, quando em dada ocasião um indivíduo chegou ao local com uma motocicleta Honda NX-4 Falcon, e ao perder na jogatina, pediu para dar uma volta com o veículo duas rodas, sendo autorizado o ‘passeio’ pelo proprietário. Ainda segundo o motociclista, enquanto estaria trafegando por tal endereço, a mulher havia atravessado a rua correndo, impossibilitando a sua atuação breve e rápida com o intuito de evitar o acidente, onde de imediato o rapaz parou e prestou os atendimentos necessários, inclusive acionando por socorro para a vítima, que foi socorrida em estado grave.

Nas indagações sobre o consumo de bebida alcóolica antes de assumir o guidão da motocicleta, o rapaz afirmou que durante o almoço havia participado de um churrasco, onde ao ser submetido ao teste do etilômetro, o popular ‘bafômetro’, o resultado foi de 0,66mg de álcool por litro de ar alveolar, ocasionando em sua imediata detenção.

Quanto ao paradeiro da motocicleta, testemunhas afirmaram que alguns indivíduos haviam removido a Falcon do local, onde então foi feito um contato junto a unidade hospitalar onde a vítima havia sido encaminhada, sendo os PMs informados que a mulher iria ser submetida a um procedimento cirúrgico, correndo inclusive grande risco de morte, com um quadro de traumatismo encefálico grave.

Na CPJ (Central de Polícia Judiciária), foi elaborado o registro de Boletim de Ocorrência de Flagrante Delito de Lesão Corporal Culposa na Direção de Veículo Automotor, sendo o indiciado recolhido ao Centro de Triagem de São Carlos (SP).

Diante da morte de Alcione, familiares decidiram em autorizar a doação dos órgãos da mulher, sendo então feita a captação do fígado por uma equipe especializada de São Paulo (SP) e os rins foram captados por profissionais de Ribeirão Preto (SP). Os procedimentos foram feitos na Santa Casa de São Carlos (SP), através do apoio da Comissão Interna Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT).

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x