21 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Polícia

Jornal Primeira Página > Notícias > Polícia > Quadrilha furta baterias em Itirapina e acaba presa pela Polícia Rodoviária na SP-310 em São Carlos

Quadrilha furta baterias em Itirapina e acaba presa pela Polícia Rodoviária na SP-310 em São Carlos

17/01/2019 06h59 - Atualizado há 5 anos Publicado por: Redação
Quadrilha furta baterias em Itirapina e acaba presa pela Polícia Rodoviária na SP-310 em São Carlos

Quatro indivíduos, tendo eles 30, 31, 42 e 50 anos, foram presos em flagrante pela Polícia Militar Rodoviária na Rodovia Washington Luís (SP-310) em São Carlos, por volta da 1h da madrugada desta quinta-feira, 17, após serem surpreendidos no interior de um automóvel, com pelo menos doze baterias que teriam sido subtraídas de uma antena de transmissão da empresa de telefonia Vivo, em uma fazenda na área rural de Itirapina.
De acordo com o apurado, uma equipe do policiamento rodoviário realizava patrulhamento preventivo pela rodovia no sentido Capital – Interior, quando os militares suspeitaram da atitude dos ocupantes de automóvel Fiat com emplacamento de Araraquara/SP, e realizaram abordagem, onde com auxílio de outra equipe de policiamento, deram início as buscas no interior do carro, encontrando no porta malas a quantia de doze baterias automotivas, sendo que ao indagar os averiguados, os mesmos confessaram que teriam realizado a instantes um furto contra uma propriedade rural, na cidade de Itirapina/SP, e estariam retornando para Araraquara/SP onde residem em posse dos objetos subtraídos.
Diante dos fatos os quatro acusados foram detidos, e junto com o veículo foram levados ao Plantão da Polícia Civil de São Carlos, onde o caso foi apresentado ao delegado de polícia local, que registrou Boletim de Ocorrência sobre o ocorrido, autuando a quadrilha em flagrante delito por Furto Qualificado, e recolhendo os indiciados ao Centro de Triagem de São Carlos.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x