21 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > Comissão de Saúde busca informações sobre falta de remédios e insumos na rede municipal

Comissão de Saúde busca informações sobre falta de remédios e insumos na rede municipal

Comissão de Saúde recebeu inúmeras denúncias da falta de vários remédios como tramadol, soro fisiológico e até esparadrapo

29/08/2022 19h15 - Atualizado há 2 anos Publicado por: Redação
Comissão de Saúde busca informações sobre falta de remédios e insumos na rede municipal

O vereador Lucão Fernandes (MDB), representando a Comissão de Saúde da Câmara Municipal, composta ainda pelos vereadores Cidinha do Oncológico (Progressistas) e Sérgio Rocha (PTB), esteve nesta segunda-feira (29) no Departamento de Procedimentos Licitatórios da Prefeitura Municipal, para acompanhar os processos de compras de medicamentos e insumos para a Secretaria Municipal da Saúde.

A Comissão de Saúde recebeu inúmeras denúncias da falta de vários remédios como tramadol, soro fisiológico e até esparadrapo.

Lucão foi recebido pelo diretor Hicaro Alonso que explicou que vários medicamentos estão em falta nas unidades de saúde por falta do produto no mercado. Ele adiantou que todos os processos licitatórios estão em andamento, porém a falta de alguns itens está provocando esse desabastecimento. “O Tramadol, por exemplo, está em falta, a fabricante do remédio pede um prazo de 30 a 45 dias para realizar a entrega”, explicou Hicaro.

Lucão também questionou o diretor sobre os medicamentos que são fornecidos por decisão judicial, Hicaro disse que esses processos estão seguindo seus trâmites normais.

O diretor mostrou ao vereador Lucão todos os processos que estão em andamento na Secretaria Municipal da Saúde. “Após inúmeras denúncias que chegaram ao conhecimento da Comissão de Saúde, estive nesta segunda-feira aqui no Departamento de Procedimentos Licitatórios para verificar os motivos da falta de alguns medicamentos como o Tramadol, por exemplo, e alguns insumos. O Hicaro mostrou que todos os processos estão em andamento, porém alguns dos medicamentos citados nas denúncias estão em falta no mercado e isso acaba prejudicando o serviço na rede de saúde. Estamos atentos e acompanhando essa questão e tantas outras relacionadas a saúde da nossa cidade”, finalizou Lucão.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x