16 de Junho de 2024

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > Justiça concede liminar contra Raquel Auxiliadora por propaganda eleitoral antecipada

Justiça concede liminar contra Raquel Auxiliadora por propaganda eleitoral antecipada

A decisão se deu em representação proposta pelo Partido Progressistas

17/05/2024 10h42 - Atualizado há 1 mês Publicado por: Redação
Justiça concede liminar contra Raquel Auxiliadora por propaganda eleitoral antecipada

A juíza Gabriela Müller Carioba Attanasio, da 410ª Zona Eleitoral de São Carlos, deferiu liminar na qual determina que a vereadora Raquel Auxiliadora (PT) se abstenha de distribuir os panfletos que contém elementos de propaganda eleitoral antecipada, até decisão final do processo, sob pena de multa de R$ 5.000,00 por descumprimento. A decisão se deu em representação proposta pelo Partido Progressistas.

A juíza pontuou que o artigo 36, da Lei 9.504/97 diz que a propaganda eleitoral apenas é permitida após o dia 15 de agosto do ano da eleição, não configurando propaganda eleitoral antecipada a menção à pretensa candidatura e a exaltação das qualidades pessoais dos pré-candidatos, desde que não envolvam pedido explícito de voto.

No caso, o panfleto distribuído pela vereadora conforme apontado pelo representante e constatado pelos documentos juntados, contém as
seguintes características: (i) Alusão/confusão a campanha educativa –“Meu primeiro Voto”; (ii) O nome de urna da Representada – “Raquel Auxiliadora”; (iii) O atual cargo que ocupa – vereadora; (iv) O slogan/logo de campanha –“Vereadora movimento” (v) Usuário de suas contas pessoais no Instagram e no Facebook – @raquelauxiliadora13; (vi) Sua foto e, (vii) Dizeres que remetem às pautas políticas que a parlamentar defende.

“Assim, caracterizam propaganda eleitoral antecipada, com pedido explícito de voto, decorrente do conjunto da obra, pois sugestiona os jovens da rede estadual de ensino a depositarem o seu primeiro voto na Representada. Embora não contenha a frase “vote em Raquel Auxiliadora”, a mensagem do panfleto caracteriza pedido explícito de voto, pelo seu conjunto, indicando a prática de propaganda eleitoral antecipada”, destacou a juíza.

Procurada pela reportagem, a vereadora disse que irá ainda não foi notificada da decisão e só irá se manifestar após a notificação.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x