18 de Maio de 2024

Dólar

Euro

Política

Jornal Primeira Página > Notícias > Política > MP investiga Márcio França por uso de helicóptero

MP investiga Márcio França por uso de helicóptero

16/01/2019 08h10 - Atualizado há 5 anos Publicado por: Redação
MP investiga Márcio França por uso de helicóptero

O Ministério Público de São Paulo instaurou nesta terça-feira, 15, um inquérito para investigar o ex-governador Márcio França (PSB) pelo suposto uso do helicóptero Águia, da Polícia Militar, para fins políticos e particulares.
O promotor Ricardo Manuel Castro, da Promotoria do Patrimônio Público e Social da capital, recebeu “relatos anônimos” informando que França “fez uso excessivo” da aeronave “para seu deslocamento e de seus familiares para atividades pessoais” e “em atos de campanha política”.
A prática teria ocorrido entre abril e dezembro de 2018, período em que França foi governador. Ele assumiu o cargo após a renúncia do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) e, em outubro, perdeu a eleição para o governador João Doria (PSDB).
Durante a campanha, Doria chegou a acusar França de fazer uso pessoal do helicóptero da PM em um debate na TV. O ex-governador negou. Segundo o promotor, a prática pode configurar atos de improbidade administrativa, como afronta aos princípios constitucionais e enriquecimento ilícito.
O promotor solicitou ao Comando da Polícia Militar que envie em até 20 dias a relação completa de voos feitos pelo helicóptero oficial entre abril e dezembro de 2018 e também nos seis meses anteriores, na gestão Alckmin, para comparar.
Em nota, a assessoria de França afirmou que “a aeronave é usada exclusivamente para uso oficial” e “controlada exclusivamente pela Secretaria da Casa Militar”, que é quem decide se o governador se desloca de carro ou helicóptero. “Todo deslocamento de campanha foi feito com aeronave locada pela campanha, conforme notas fiscais juntadas nas prestações de contas”, conclui.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x