17 de Abril de 2024

Dólar

Euro

Kleber Chicrala

Jornal Primeira Página > Notícias > Kleber Chicrala > A interseção da biofotônica e da terapia fotodinâmica: Uma abordagem de ponta para o tratamento da pneumonia

A interseção da biofotônica e da terapia fotodinâmica: Uma abordagem de ponta para o tratamento da pneumonia

Entrevistado/Autoria: Doutorando Johan Sebastián Díaz Tovarando

18/06/2023 06h02 - Atualizado há 10 meses Publicado por: Redação
A interseção da biofotônica e da terapia fotodinâmica: Uma abordagem de ponta para o tratamento da pneumonia

O entrevistado e pesquisador do CEPOF – INCT – IFSC – USP, Johan Sebastián Díaz Tovar, atualmente doutorando no Instituto de Física de São Carlos, é um jovem e entusiasta pesquisador especializado na área de biofotônica e terapia fotodinâmica. Graduado em Física pela Universidad del Atlántico, Barranquilla, Colômbia e com Mestrado em Física Teórica e Experimental obtido pelo Instituto de Física de São Carlos. A paixão de Johan está em aproveitar o poder da luz para revolucionar a saúde. Suas principais atividades giram em torno do desenvolvimento de técnicas ópticas inovadoras para aplicações terapêuticas em biomedicina.

A pesquisa de Johan se concentra na interseção da biofotônica e da terapia fotodinâmica, uma abordagem de ponta para o tratamento da pneumonia. A terapia fotodinâmica consiste em uma técnica de laser terapia associada ao uso de um medicamento chamado fotossensibilizador, na prática, ele absorve a energia luminosa e cria reações químicas que, por sua vez, produzem espécies reativas de oxigênio que combatem os microrganismos.

Nesse sentido, Johan trabalha com dosimetria para terapia fotodinâmica, estudando a interação da luz com tecidos biológicos através de simulações de Monte Carlo; e fotocinética de fotossensibilizadores por meio de técnicas de absorção e fluorescência; além de trabalhar em conjunto com uma equipe de engenheiros para o desenvolvimento e otimização de protótipos de iluminação para terapia fotodinâmica.

Como um jovem pesquisador, Johan acredita fortemente na colaboração interdisciplinar. Ele colabora ativamente com médicos, biólogos e engenheiros para traduzir suas descobertas de pesquisa em aplicações práticas. Ao promover essas parcerias, visa melhorar o entendimento entre a pesquisa fundamental e a implementação clínica, garantindo que sua pesquisa tenham um impacto direto no atendimento no ambiente clínico.

A dedicação de Johan ao progresso científico é evidente através de suas contribuições para conferências acadêmicas e suas publicações em revistas científicas de renome.

Em suma, Johan Diaz é um jovem pesquisador ambicioso especializado em biofotônica e terapia fotodinâmica. Suas principais atividades incluem o desenvolvimento de dosimetria por meio de simulações de Monte Carlo e fotocinética de fotossensibilizadores, o fomento de colaborações interdisciplinares e o compartilhamento de experiências por meio de publicações e divulgação. Por meio de seu trabalho, Johan pretende avançar no campo da biofotônica, abrindo caminho para tratamentos mais eficazes e direcionados para várias doenças.

Os laboratórios de pesquisa do CEPOF – INCT – IFSC – USP estão equipados para o desenvolvimento de linhas de pesquisas com reconhecimento nacional e internacional na área em questão, e em outras áreas envolvendo ciência, tecnologia e inovação.

Fontes: Doutorando Johan Sebastián Díaz Tovar – Pesquisador do CEPOF – INCT – Instituto de Física de São Carlos (IFSC) – USP, e pesquisadores do CEPOF – INCT – IFSC – USP; e Prof. Dr. Vanderlei Salvador Bagnato – Coordenador do CEPOF – INCT – IFSC – USP, e Kleber Jorge Savio Chicrala – Difusão Científica e Jornalismo Científico do CEPOF – INCT – IFSC – USP.

Recomendamos para você

Comentários

Assinar
Notificar de
guest
0 Comentários
Comentários em linha
Exibir todos os comentários
0
Queremos sua opinião! Deixe um comentário.x